Elisabeth Moss diz que faria um reavival de ‘West Wing’ em um piscar de olhos

Elisabeth Moss ficaria emocionada em reprisar seu papel em The West Wing, se o drama da NBC, vencedor do Emmy, voltasse à televisão.

“Oh, meu Deus, em um piscar de olhos”, ela disse exclusivamente para Us Weekly na estréia de Her Smell no New York Film Festival“Claro! Obviamente.”

Moss voltaria como Zoe Bartlet, a filha mais nova do presidente Jed Bartlet, em 26 episódios do drama político, até o final da série – que foi ao ar no ano anterior, quando ela se tornou conhecida como Peggy Olson em Mad Men.

Falando conosco na estréia no sábado, 29 de setembro, Moss disse que seria “cedo demais” para um renascimento do Mad Men, mas é a hora certa para uma continuação de The West Wing desde que o final da série de 2006 foi “há muito tempo”

“Sim, por que não?” ela acrescenta.

Nesse meio tempo, Moss está recebendo ótimas críticas e prêmios por seu papel como Offred em The Handmaid’s Tale. No evento de sábado, a vencedora do Emmy refletiu sobre a relevância do drama do Hulu para o movimento #MeToo e a luta contínua pela igualdade das mulheres.

“É bizarro”, ela nos disse. “É muito bizarro, honestamente. Eu nunca fiz nada onde houve tantas correlações … eu não sei. É bizarro. Também é gratificante sentir que você está contando uma história que é importante e contando uma história relevante e que as pessoas devem ouvir. E esse é o problema – porque não estamos ouvindo e assistindo essas histórias. Parece gratificante fazer parte disso. ”

E agora os fãs vão ver um lado diferente de Moss in Her Smell, enquanto ela interpreta uma roqueira punk lutando com a sobriedade. “Foi muito divertido”, revelou-nos. “Não havia limites, não havia nada muito longe, nada muito louco que você pudesse fazer, e isso é incrivelmente libertador. Especialmente depois de algo como Handmaid’s, onde muitas vezes sou bastante sutil e reprimida, foi muito legal ser capaz de jogar tudo fora e ficar totalmente louca.”

Tradução feita por: Equipe Elisabeth Moss Brasil

Via: Us Magazine

Comentários